MP confirma saque de R$ 35 milhões da conta de João de Deus após denúncias de abuso sexual

75
João de Deus está sendo investigado por abusos sexuais. Créditos: Nathana Parise | iStock O Ministério Público do Estado de Goiás confirmou que João de Deus sacou R$ 35 milhões após receber as primeiras denúncias de abuso sexual. O fato acelerou a ordem de prisão preventiva do médium. Ele era considerado foragido pela promotoria “pois as diligências de localização em todos os seus endereços resultaram negativas e o comparecimento espontâneo não ocorreu nas 24 horas seguintes à ordem de prisão”. A prisão preventiva foi decretada na manhã de sexta-feira, e o médium se entregou à polícia no domingo à tarde, em uma estrada de terra em Abadiânia, na região central de Goiás. Ele foi levado para a Delegacia Estadual de Investigações Criminais, onde prestou depoimento até por volta de 22 horas. Em seguida, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito. (Com informações do Último Segundo – iG e G1.)

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados