Polícia não indiciará Neymar por estupro e agressão

80
escândalo
Créditos: Aitormmfoto | iStock

A delegada titular da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, não indiciará Neymar. A investigação começou em 31 de maio após registro de boletim de ocorrência da modelo Najila Trindade que acusava o jogador de estupro e agressão.

Ela concederá entrevista coletiva ao lado do diretor do Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap) e do delegado titular da 6ª Seccional para abordar a conclusão da investigação.

O Ministério Público tem 15 dias para se manifestar (fazer acusação formal, pedir o arquivamento ou requisitar novas diligências). 

Além das acusações, o jogador passou a ser investigado também por crime digital ao divulgar conversas que teve com a modelo. 

(Com informações do Estadão)

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA