PGR terá acesso a inquérito policial do caso Marielle

238
Vereadora do PSOL é assassinada no centro do RJ
Créditos: PSOL-RJ

O Superior Tribunal de Justiça autorizou a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a acessar o inquérito policial que apura supostas ilegalidades na investigação do assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes. O inquérito foi aberto no Rio de Janeiro. Ao pedir a cópia da investigação ao STJ, a procuradora-geral quer analisar possível federalização do caso, ou seja, deslocar a competência de julgamento do crime da Justiça estadual para a Justiça Federal. 

Desde o fim do ano passado, a procuradoria entende que pode ter ocorrido tentativa de obstrução das investigações. A Justiça do Rio negou o compartilhamento de informações.

(Com informações do Uol)

Leia também:

 

Conheça o Juristas Signer , a plataforma de assinatura de documentos com certificado digital.

DEIXE UMA RESPOSTA