Governo cortará benefícios irregulares do INSS, que somam mais de R$ 5 bilhões

62
 
benefícios irregulares do INSS
Créditos: Maxsattana | iStock

O Governo Federal cortará, até o fim de 2018, mais de R$ 5 bilhões gastos em benefícios irregulares da Previdência Social. Os benefícios estão em apuração no Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). Ainda não se sabe quantas pessoas perderão os benefícios por causa de fraude.

Recentemente, o governo anunciou a suspensão de benefícios que totalizam R$ 9,6 bilhões, destinados ao pagamento de auxílios-doença entre o segundo semestre de 2016 e 30 de junho de 2018.

Em 2016, foi criado com este fim o Comitê de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas Federais (CMAP), formado por técnicos e dirigentes da CGU e dos ministérios do Planejamento, da Fazenda e da Casa Civil.

Saiba mais:

O CMAP também revisou benefícios do Programa Bolsa Família, o que acarretou a exclusão de 5,2 milhões de famílias, e a inclusão de 4,8 milhões nos últimos dois anos. O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, afirmou que, neste caso, “não há propriamente uma economia de recursos, mas a focalização do programa”. (Com informações da Agência Brasil EBC.)

DEIXE UMA RESPOSTA