Facebook é acusado de discriminação de gênero em anúncios de vaga de emprego

38
Créditos: Welcomia | iStock Mais uma ação foi aberta contra a rede social Facebook, dessa vez sob a acusação de discriminação sexista em suas ofertas de vagas de emprego. Outras dez empresas também estão sendo acusadas. A demanda foi divulgada ontem (18), pelo American Civil Liberties Union (ACLU) e outro sindicato, além de uma empresa de direito trabalhista, que representa três candidatas a uma vaga, assim como “milhares” de membros desses sindicatos. Os autores da ação acusam o Facebook de se dirigir apenas aos homens em seus anúncios. Também garante que os trabalhos propostos são de âmbito geralmente masculino, excluindo candidatas do sexo feminino. (Com informações do JC Online.)

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados
   
Cadastro de Novo Usuário
*Required field