Direito autoral do papagaio Louro José será discutida no STJ

ana maria braga
Créditos: Reprodução | Youtube

A 3ª Turma do STJ julgará um recurso de Ana Maria Braga e de Carlos Madrulha, seu ex-marido, que solicita uma indenização de R$ 650 mil e o reconhecimento de que eles são os autores da criação do personagem Louro José. Eles alegam que idealizaram e criaram o personagem em 1997, que batizaram o boneco em homenagem ao filho e que se inspiraram no papagaio de estimação do casal.

O titular do direito autoral na Escola de Belas Artes é Madrulha, mas os dois foram surpreendidos com um pedido de anulação deste registro por pessoas da empresa Display Seven Produções Artísticas, que foi contratada para confeccionar o boneco. (Com informações do Jota.Info.)

DEIXE UMA RESPOSTA