28 Pessoas são denunciadas pelo Gaeco na Operação Password no Paraná

0
29
gaeco
Créditos: Raya Hristova | iStock

A Operação Password foi deflagrada nesta quarta-feira (10) pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), e resultou em 28 pessoas denunciadas.

O objetivo é investigar uma organização criminosa instalada entre 2015 e 2017 no Departamento de Cadastro Imobiliário da Prefeitura de Londrina, Paraná. As pessoas denunciadas vão responder por organização criminosa, inserção de dados falsos em sistema de informações e estelionato.

Segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR), o grupo realizava cancelamentos de débitos de IPTU e modificações nas características de imóveis urbanos, diminuindo ou aumentando os tributos. O MP-PR estipula mais de R$ 1 milhão de prejuízo aos cofres do município.

Nas investigações foram colhidos depoimentos e analisados materiais apreendidos e prova documental, o que possibilitou ao Gaeco decobrir como funcionava o esquema fraudulento. Entre os envolvidos, estão três servidores e uma estagiária da Prefeitura de Londrina, intermediadores do esquema e proprietários de imóveis beneficiados pelos cancelamentos.

Na denúncia, o MP-PR requer o arbitramento de danos (inclusive morais) a serem revertidos ao Município de Londrina, perda de bens relacionados à prática delitiva e perda de cargo, função ou mandato eletivo exercido pelos denunciados. (Com informações do Paraná Portal.)