Vale pagará pensão e plano de saúde a parentes de mortos em Brumadinho

50
Mineradora também arcará com tratamento psicológico para empregados sobreviventes A Vale foi condenada a pagar pensão e plano de saúde a parentes dos trabalhadores mortos na tragédia de Brumadinho. A mineradora também deverá arcar com o tratamento psicológico dos empregados sobreviventes e seus familiares. Créditos: Kwangmoozaa | iStock A liminar foi proferida pela juíza, Renata Lopes Vale, da 5ª Vara do Trabalho de Betim. A decisão os pedidos feitos pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em Ação Civil Pública. Além das determinações citadas acima, a Vale também deverá ressarcir os gastos com saúde dos funcionários envolvidos na tragédia e de seus dependentes. Por fim, a juíza obrigou a empresa a publicar a decisão liminar em seu site e em veículos de comunicação da região. Pedidos negados Apesar dos deferimentos, a juíza negou pedidos do MPT que já foram abrangidos em acordos homologados em fevereiro. Ela também indeferiu o custeio das despesas médicas de empregados que não estavam trabalhando no local no dia do desastre. Segundo a magistrada, esta última solicitação não preenche requisito atinente à probabilidade do direito. Clique aqui para ler a decisão. Notícia produzida com informações da Assessoria de Imprensa do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região.

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados