Petrobras cancela contrato com escritório do presidente da OAB

113

Santa Cruz alegou perseguição política

Petrobras cancela contrato com escritório do presidente da OAB | Juristas
Créditos: luizsouzarj | iStock

O escritório de advocacia do presidente do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz, recebeu notificação da Petrobras cancelando o contrato com ele. Segundo informações da jornalista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, a estatal enviou uma carta ao escritório nesta terça-feira ontem (06).

O escritório era responsável por várias causas trabalhistas e venceu, no ano passado, um processo de funcionários que pediam pagamento de horas extras atrasadas. O valor da causa era estimado em R$ 5 bilhões e teve julgamento acirrado no Tribunal Superior do Trabalho (TST), com 6 votos a favor e 5 contra.

À reportagem, Felipe Santa Cruz disse que era uma ação rescisória e que salvou a empresa “na causa trabalhista mais grave que ela já enfrentou”. Santa Cruz disse ainda que vai ajuizar ação para reparação de danos, considerando que “há claramente uma perseguição política em curso”.

Na última semana, o presidente Jair Bolsonaro criticou a OAB usando o assassinato do pai de Santa Cruz durante a ditadura militar. O advogado já ajuizou petição no STF (Supremo Tribunal Federal) para que o Bolsonaro se explique.

(Com informações do Consultor Jurídico)

DEIXE UMA RESPOSTA