Tony Show Produções pagará indenização a fotógrafo por violação de direito autorais

Data:

tony show
Créditos : Divulgação | Tony Show Produções

No processo nº 0043842-96.2013.815.2001, a 4ª Vara Cível de João Pessoa julgou parcialmente procedentes os pedidos de Giuseppe Silva Borges Stuckert em face de Tony Show Produções Promoções e Publicidade Ltda.

Representado pelo advogado Wilson Furtado Roberto, fundador do escritório de advocacia Wilson Roberto Consultoria e Assessoria Jurídica e do Portal Juristas, Giuseppe afirmou que uma fotografia de sua autoria estava exposta no site do demandado, sem sua autorização ou remuneração pelo uso, o que caracteriza contrafação. Alega ser fotógrafo profissional e entende que deve ser indenizado material e moralmente pelos danos sofridos.

A empresa promovida contestou alegando que não utilizou a fotografia com fins publicitários, mas se limitou a reproduzir a foto de outros portais. Argumentou que o autor não demonstrou a autoria da obra e pugnou pela improcedências dos pedidos.

Na sentença, a juíza lembrou que a publicação de uma obra deve ter autorização do autor, o que não ocorreu. Para ela, como a promovida não negou a utilização, fica comprovado o ato ilícito cometido.

giuseppe stuckert - hotel tambaú
Hotel Tambaú | Créditos: Giuseppe Stuckert

Diante da irregular publicação da obra fotográfica, entendeu que o autor suportou um dano moral com a violação de seu direito autoral. Quanto aos danos materiais, entendeu que não houve comprovação sobre eles.

Por todo o exposto, a magistrada condenou Tony Show Produções ao pagamento de R$ 2 mil reais a título de danos morais e a publicar a obra contrafeita por 3 vezes consecutivas em jornal de grande circulação, indicando Giuseppe como autor da fotografia.

Flávia Costa
Flávia Costa
Correspondente do Portal Juristas

1 COMENTÁRIO

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Modelo de contrato de prestação de serviços de Personal Trainer para Triatetlas

O presente contrato tem por objeto a prestação de serviços de personal trainer especializado em treinamento para triatletas, com o objetivo de melhorar o desempenho do Contratante nas modalidades de natação, ciclismo e corrida.

Empresa de fotos e vídeos condenada por falha em filmagem de casamento

A 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) confirmou a decisão da Comarca de Lavras que responsabilizou uma empresa de fotografia e vídeo a pagar R$ 10 mil por danos morais e R$ 1,4 mil por danos materiais a uma noiva, devido a falhas na filmagem de seu casamento.

Homem trans será indenizado por não ter nome social reconhecido em registro bancário

A 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) alterou uma decisão inicial e determinou que um banco indenize um homem trans em R$ 10 mil por danos morais devido ao não reconhecimento do seu nome social nos registros bancários.

Justiça condena hospital, plano de saúde e médico a indenizar paciente por erro em cirurgia

A 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) confirmou uma decisão da Comarca de Belo Horizonte que responsabiliza um hospital, um médico anestesista e um plano de saúde pelo pagamento de indenizações à uma paciente, totalizando R$ 200 mil, divididos igualmente entre danos morais e estéticos.