TJPB mantém decisão de primeira instância e garante cirurgia de paciente idosa

TJPB mantém decisão de primeira instância e garante cirurgia de paciente idosa
Créditos: Billion Photos / Shutterstock.com

A Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba manteve a decisão do Juízo da 2ª Vara Mista de Guarabira, que determinou ao Estado da Paraíba a realização da cirurgia de artroplastia total do quadril esquerdo e direito da idosa Maria das Dores Bento da Silva. A decisão foi tomada à unanimidade, em sessão do órgão fracionário do TJPB, realizada na última quinta-feira (23), ao julgar o agravo de instrumento interposto pelo ente público, que alegava “sua ilegitimidade passiva”, afirmando ser competência do Sistema Único de Saúde (SUS) o financiamento da cirurgia.

Ao proferir o voto, o relator da matéria, desembargador José Ricardo Porto, observou que o entendimento do Supremo Tribunal Federal é de que os entes públicos são responsáveis pelo fornecimento de medicamentos e serviços médicos necessários à garantir a saúde e a vida das pessoas carentes. Com isso, rejeitou a alegação de ilegitimidade passiva.

Do mesmo, o magistrado lembrou que o direito à saúde é uma garantia constitucional, extensiva a todos, e é um dever do Estado, devendo ser assegurado pelo ente público mediante a implementação de políticas sociais e econômicas.

“Não visualizo a inexistência de direito subjetivo à agravada, uma vez que foram acostadas provas da necessidade de tratamento indicado, de modo que, submetê-la a questões orçamentárias e burocráticas seria o mesmo que colocar em segundo plano o direito à vida e à saúde, protegidos em nossa Carta Magna”, afirmou Ricardo Porto, acrescentando que o laudo médico sobre a situação da paciente foi lavrado em formulário da rede pública de saúde, “fazendo denotar que a postergação da realização do procedimento pode prejudicar a saúde da paciente”.

Autoria: Gecom/TJPB
Fonte: Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba – TJPB

Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico.

- Sêneca

O dia que chegar, chegou. Pode ser hoje ou daqui a 50 anos. A única coisa certa é que ela vai chegar.

- Ayrton Senna