Lula é liberado para dar entrevista

125
Liminar que impediu manifestação do ex-presidente transitou em julgado em novembro de 2018 Créditos: Rogerio Cavalheiro/Shutterstock, Inc. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi liberado para dar entrevistas aos veículos de comunicação. A decisão foi tomada pelo ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal. A ação foi proposta pelo partido NOVO contra a Folha de S.Paulo. Segundo o ministro, a ação que questionava a possibilidade de Lula dar entrevistas transitou em julgado em novembro de 2018. “Preconiza o § 9º do art. 4º da Lei nº 8.437/92 que ‘a suspensão deferida pelo Presidente do Tribunal vigorará até o trânsito em julgado da decisão de mérito na ação principal’”, explicou. Após a decisão, Toffoli enviou o caso para o ministro Ricardo Lewandowski, relator originário da ação. Ele deverá determinar a autorização para a entrevista. Logo após a decisão, deputados do PT já pediram ao Supremo que a decisão liberando a concessão de entrevistas pelo ex-presidente seja cumprida o quanto antes. A peça foi apresentada por Paulo Pimenta (RS), Paulo Teixeira (SP) e Wadih Damous (RJ). As informações são da revista Fórum. Negativa anterior Créditos: Reprodução / TV Justiça Durante as eleições do ano passado, Toffoli suspendeu uma decisão de

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados
   
Cadastro de Novo Usuário
*Required field